15 de agosto de 2012

NOTA DO BLOG - LIVRO CORPO AO EXTREMO – A NOVA FACE DE UMA CULTURA MODIFICADA’


Modificação corporal em São Paulo ganha destaque em livro lançado durante a Bienal 2012

‘Corpo ao Extremo – A nova face de uma cultura modificada’ é o primeiro a abordar o assunto em formato de reportagem no Brasil

No dia 11 de agosto durante a Bienal do Livro, evento realizado na capital paulista, um livro-reportagem inédito e focado na modificação corporal do mundo contemporâneo teve espaço no estande da editora In House. Intitulada Corpo ao Extremo – A nova face de uma cultura modificada, a obra pode ser considerada a primeira do gênero a abordar jornalisticamente a cena da modificação corporal 'extrema' no Brasil, e mostra um pouco do cotidiano, como são vistas e como se sentem as pessoas que alteram seus corpos por meio de intervenções levadas a um nível mais extremo do que os já conhecidos e popularizados piercings e tatuagens.
O mundo da body modification, que abrange diversas técnicas - algumas resgatadas de povos primitivos e outras criadas mais recentemente, como é o caso dos implantes subcutâneos, escarificações e bifurcações de língua, vistos com certa rejeição pela sociedade atual - é ilustrado e explicado durante a abordagem.
O livro, que reúne quase 30 entrevistas desde médicos e psicólogos, até alguns dos principais profissionais da modificação corporal, enfatiza não somente a questão do preconceito, dando lugar também a discussões ligadas à religião, saúde e história.
Com foco principalmente na capital paulista, abrangendo algumas cidades da região metropolitana e interior do Estado, Corpo ao Extremo – A nova face de uma cultura modificada dá voz a entrevistados brasileiros, modificados ou não e familiarizados de alguma forma com as técnicas de alteração corporal.

0 comentários:

Postar um comentário