2 de dezembro de 2009

REALPOLITIK - O IMORTAL BIGODUDO DOS MARIMBONDOS


José Ribamar Ferreira de Araújo Costa, vulgo bigodudo do Maranhão. José Sarney. Imortal. Não, este blog não se refere à condição de imortal dada aos escritores, com a qual o atual titular da cadeira número 38 da Academia Brasileira de Letras, o próprio Sarney, foi agraciado.

Acredita-se que, quando uma hecatombe nuclear destruir a Mãe Terra, só sobreviverão as baratas, o Keith Richards e José Sarney. Fico com pena de Keith e das baratas. Imaginem ter de conviver com o homem dos marimbondos incendiários - ou seriam de fogo. Bem, isso pouco importa. Aaaahhh, ele também escreveu "O Dono do Mar"... Eu completo "anhão"! Essa foi fácil!

Este blog assina os jornais Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo, além de ler as versões online de O Globo, Jornal do Brasil, Valor Econômico, Zero Hora, Correio Braziliense (sim, ignorantes, o do jornal se escreve com "Z"), Lance... Não, este não, todos os dias. Assina e lê para ficar nervoso, claro. E para fazer pesquisas que ninguém notará.

A última, uma compilação preocupante das matérias que envolviam o Senador Republicano (que lástima!), dá a exata dimensão do estrago: Nas últimas sete semanas, não passou um só dia - UM SÓ DIA, inclusive sábados, domingos e feriados - em que não eram publicadas denúncias contra Sarney e seus asseclas, familiares muito incluídos. Filha, filho, neta, neto, namorado da neta, mordomo, assessores, muitos assessores, centenas de milhares de assessores foram pegos com a boca na botija, a mão na cumbuca, batendo nossa carteira. Logo virão os bisnetos, e mais assessores, bilhões de assessores.

Nosso Guia - ele mesmo, o pelego-mor lá do Planalto Central - só agora mostrou-se duro. No discurso das 11:27, o mal nascido e bem criado teria dito "ele que se vire". Foram as palavras mais fortes. Para "ele", entenda-se "Sarney"; e para "que se vire", entenda-se por "renuncie". Ele teria perdido a oportunidade de bater no Sarney no discurso das 11:23. Como o discurso das 11:29 seria de outro assunto, só sobrou o das 11:27. E à tarde, bem à tarde ele teria mais 211 discursos, mas muitos deles o falta-dedo-mindinho-da-mão-esquerda usaria para falar da Dilma, do pré-sal e do Corinthians.

Claro, depois que a popularidade do ex-funcionário da Villares despencou a níveis pós-mensalão, o paz-e-amor lá de Caetés deve ter pensado em Jader Barbalho (da tropa de choque de Collor, seis meses na presidência do Senado FEDEral, renunciou por denúncias de corrupção) e em Renan Calheiros (da tropa de choque de Collor, seis meses na presidência do Senado FEDEral, renunciou por denúncias de corrupção). Agora tem o homem dos marimbondos (da tropa de choque quase literal da ditadura militar, seis meses na presidência do Senado FEDEral, ainda não renunciou por denúncias de corrupção).

Começo a pensar nesta nova espécie de animais, o politicus curruptus, que, junto de baratas e o Keith Richards, vai sobreviver à hecatombe nuclear e ao aquecimento global. Penso e me invejo de sua imortalidade. E fico a indagar: para que raios serve este tal de Senado FEDEral?

Rodrigo De Giuli

2 comentários:

  1. meu como vcs saum preconceituosos! o lula erdeu o dedo no trab!!!!!!!!!!!!!!!! kralho, vcs naum tem otra koiza pra fazr???????????????

    ResponderExcluir
  2. Caro "Anônimo",
    Como vai? Obrigado por sua mensagem.
    Antes de mais nada, gostaria de me defender da acusação de preconceito. Sabe, existe uma forma de humor chamada ironia, sarcasmo, enfim, em que o autor utiliza de técnicas para, digamos assim, desnudar o objeto do texto. Eu sei, eu sei, o objeto é "o imortal bigodudo dos marimbondos", mas o "ex-sindicalista lá de Caetés" também faz parte dele. Portanto, qualquer um dos objetos na minha mira serão, deixa eu explicar para você, ironizados.
    De todo modo, leia um excelente livro, um dos mais vendidos do Brasil, tem várias versões e autores: chama-se Dicionário. Lá você vai encontrar o significado de ironia, sarcasmo, etc.
    Bem, mas acho que para você o Google serve!
    Mais uma vez, muito obrigado pela mensagem!
    E lembre-se: em 2010, vote em Dilma, se ficou tão chateado pelo "falta-dedo-mindinho-da-mão-esquerda-lá-de-Caetés"!
    Rodrigo De Giuli
    www.7cismo.com

    ResponderExcluir