26 de outubro de 2009

UMUNDUNU - O CHINELO E O SAPATO

Hoje acordei bem cedo, fui procurar emprego. Pois é, a vida não está fácil. Nunca me vi numa situação dessas, sempre ocupei grandes cargos em importantes empresas. Mas esta maldita crise me trouxe a essa situação em que vivo agora. Frequento lugares nunca antes pisados, meu brilho já não é mais o mesmo, acho que estou velho.

Hoje eu acordei tarde, não tinha muita coisa para fazer, será um dia bem tranquilo. Não pretendo sair de casa, se muito vou à padaria que fica logo na esquina. Essa semana está bem atípica, quase não fui incomodado, estou ficando até mal acostumado com essa vida mansa que levo. Essa crise não me afetou, pra te falar a verdade não passou de uma marolinha, minha vida só melhorou.



Crédito: puteiro-nacional.blogspot

-Olá, meu caro amigo. Quanto tempo não o vejo, como está?
-Mal, cansado, estressado. A vida não está fácil para mim.
-Vejo que sua aparência não está lá essas coisas, o que houve?
-Estou trabalhando demais, não paro um minuto sequer. Saio quase que todos os dias, estou acabado.
-Mas e aquele luxo todo, sempre te via todo garboso passeando por ai.
-Ficou na memória. Vida boa mesmo é a sua, sempre foi, eu é que nunca olhei para o lado, você sim é feliz.
-Vida boa, meu amigo? Negativo, vida boa sempre foi a sua, a minha nunca mudou, você que não soube aproveitar. Sempre teve de tudo, freqüentou os melhores lugares, já eu mal saio de casa.
-Mas hoje você é o cara.
-Não, senhor. Continuam me olhando com desconfiança, não entro em quase nenhum lugar, não sou aceito por boa parte da sociedade. Acaso já sentiu isso? Já te olharam torto?
-Mas o que sou hoje? Não passo de um velho cheio de recordações, fiquei no passado. De que me adiantou ser bem tratado por toda a sociedade, entrar em festas, lojas, teatros, se dentro de casa ninguém liga pra mim. Aqui você é o rei. Não, nunca me olharam com desconfiança, apenas com desprezo.
-Mas é você quem aparece nas fotos, nos momentos de alegria, nas festas, nos casamentos, é sempre você quem está lá.
-Mas é você quem fica na memória. Depois de todas as fotos é a você quem eles procuram. De qualquer forma, boa noite, amanhã é domingo e eu quero descansar.
-Bom descanso, amanhã é meu dia. Vou ao parque com as crianças

Renato Souza

0 comentários:

Postar um comentário