8 de outubro de 2009

FUTEBIZARRICES - PROGNÓSTICO DA CHAMPIONS LEAGUE


A Liga dos Campeões da Europa é considerada por muitos como a principal competições de clubes do planeta. Afinal, grandes craques mostram seu talento pelos gramados de diversas partes do continente e a garantia de ótimo futebol é quase certa.

Supercampeões como Bayern de Munich, Juventus, Manchester United, Real Madrid, Milan, Barcelona, Inter de Milão e Liverpool entram sempre muito bem cotados para a conquista do caneco e têm torcidas espalhadas pelo mundo todo. Mas e as zebras? Isso! Aquelas equipes que não fizeram/fazem investimentos milionários e que figuram como meros sacos de pancada.

Pra quê falar de Ribéry, Diego, Rooney, Cristiano Ronaldo, Kaká, Ronaldinho Gaúcho (foi-se o tempo), Ibrahimovic, Messi, Eto'o e Gerrard? Essa é a vez dos pequeninos! Abaixo, confira a análise dos grupos dos principais candidatos a tomar a maior goleada do campeonato mais glamuroso de todos:

GRUPO A
MACCABI HAIFA (Israel), Bayern de Munique (Alemanha), Juventus (Itália) e Bordeaux (França)

Apesar da derrota em casa na estreia, por 3 a 0, para o Bayern, a equipe israelense sonha em brigar por uma vaga na Liga Europa (espécie de Copa Sulamericana), pois contou com o empate de Juventus e Bordeaux.
À FAVOR: depende da campanha do Bordeaux. Joga a última partida em casa, contra seu adversário direto pela terceira posição
CONTRA: grupo muito forte e terá três jogos difíceis em sequência.

GRUPO B
BESIKTAS (Turquia), Manchester United (Inglaterra), Wolfsburg (Alemanha) e CSKA Moscou (Rússia)

Talvez o grupo mais equilibrado em questão de zebras. O Wolfsburg, de Grafite e Josué, seria o mais indicado, porém é o atual campeão alemão e vive ótima fase. O CSKA, clube que ficou conhecido por ter contratado o centroavante Vágner Love, atualmente emprestado ao Palmeiras, está sempre presente na competição. Sobrou o Besiktas, campeão turco, mas que não é o principal clube do país e jamais conseguiu um feito importante. (Nota: o destaque da equipe é o atacante Bobô, ex-Corinthians. Mais um motivo para a escolha de zebra)
À FAVOR: o nivelamento do grupo. Russos, alemães e turcos podem tirar no dois ou um a classificação, pois o Manchester será o líder.
CONTRA: o mesmo argumento acima. Quem se sair bem nos confrontos diretos e perder de pouco dos ingleses leva a vaga

GRUPO C
ZÜRICH (Suíça), Real Madrid (Espanha), Marseille (França) e Milan (Itália)

Goleado pelo galáctico time merengue por 5 a 2, em casa, pode se considerar o primeiro eliminado dessa fase de grupos. O Milan, que não vive boa fase, e Olympique de Marseille disputarão ponto a ponto a segunda e terceira posições. Resta ao time suíço tentar perder de pouco nas cinco partidas que faltam.
À FAVOR: levaram de cinco na estreia, tem algo de positivo?
CONTRA: o time todo. O Basel faria mais bonito.

GRUPO D
APOEL (Chipre), Atlético Madrid (Espanha), Chelsea (Inglaterra) e Porto (Portugal)

O que melhor se deu bem na abertura da fase de grupos. Segurou um 0 a 0 com o Atlético, em Madrid, e sonha com voos mais altos. A missão não é lá tão simples, pois disputará com os espanhóis e os portugueses essa terceira posição.
À FAVOR: tirou pontos do Atlético e ainda joga contra todos em casa.
CONTRA: inferioridade técnica e o peso da camisa. Deve ser goleado em Londres e em Porto.

GRUPO E
DEBRECENI (Hungria), Liverpool (Inglaterra), Fiorentina (Itália) e Lyon (França)

Não teve o azar de cair em um grupo tão forte quanto o do Zürich, mas terá de enfrentar equipes com grande estrutura e poder de decisão. Fiorentina e Lyon devem disputar as vagas restantes, entretanto, o time hungaro terá função importante na chave. Dificultou para o Liverpool, em Anfield, e deverá endurecer contra italianos e franceses.
À FAVOR: não podendo perder pontos, Lyon e Fiorentina podem jogar com certo respeito e cautela os jogos na Hungria. oportunidade para arrancar um ponto ou outro.
CONTRA: tudo. Não tem tradição e goleadas fora devem ocorrer.

GRUPO F
RUBIN KAZAN (Rússia), Dynamo Kiev (Ucrânia), Inter de Milão (Itália) e Barcelona (Espanha)

Campeão russo, o Rubin tem tudo para seguir os passos do Zürich. Inter e Barcelona serão, sem dúvidas, os duas primeiros da chave. O Dynamo, sempre presente na Champions, deve ser o terceiro.
À FAVOR: nada. Disputará com o Zürich o título de tomar a 'maior goleada' desta edição da Liga.
CONTRA: caiu no grupo de Inter e Barcelona. Quer mais o quê?

GRUPO G
UNIREA URZICENI (Romênia), Sevilla (Espanha), Stuttgart (Alemanha) e Rangers (Escócia)

Está na mesma situação do APOEL. Não terá de encarar gigantes do continente, mas enfretará equipes de certa tradição em seus países. O Sevilla deverá ser o primeiro, com Stuttgart e Rangers disputando a outra vaga. O Unirea pode aproveitar algum descuido dos adversários jogando na Romênia para fazer alguns pontinhos.
À FAVOR: a tabela não permitirá que jogue sequencialmente em casa ou fora. Deve pontuar em casa.
CONTRA: qualidade técnica. Sofrerá derrotas fora.

GRUPO H
AZ ALKMAAR (Holanda), Olympiacos (Grécia), Arsenal (Inglaterra) e Standard Liège (Bélgica)

Como o Besiktas, foi escolhido por ter pouca expressão, apesar de estar em um grupo razoável. Campeão holandês, tem boas chances de passar, pois Olympiacos e Standard são sempre icógnitas. Os gregos contam com a chegada de Zico para o comando técnico e os belgas... estão no mesmo nível dos holandeses.
A FAVOR: mesma observação do Unirea.
CONTRA: perdeu pontos para o Olympiacos na estreia e, possivelmente, perderá mais jogos fora da Holanda.

Conclusão: A Liga, mais uma vez, não terá muitas surpresas. Os gigantes devem continuar dominando, os menores vão incomodar bastante e os nanicos ainda vão sofrer muito.

Gabriel Lopes

2 comentários:

  1. Minhas apostas:
    Grupo A: Bayern e Juventus (Forza La Vechia Signora!)
    Grupo B: Manchester e Wolfsburg
    Grupo C: Madrid e Milan
    Grupo D: Chelsea e Porto, apesar de torcer pelo Atleti!
    Grupo E: Liverpool e Fiorentina
    Grupo F: Internazionale e Barcelona
    Grupo G: Stuttgart e Sevilla
    Grupo H: Arsenal e AZ

    Dependendo do cruzamento - que é definido por sorteio nas oitavas - apostaria meu dindim em Madrid (tradição, fila de algum tempo sem a UCL e força ofensiva), Barça (crescimento dos últimos anos e força ofensiva) e Inter (Mourinho foi contratado "apenas" para vencer a UCL, que os nero-azzuri não ganham desde a temporada 1964-1965 - foi bi nas de 63/64 e 64/65)
    Rodrigo De Giuli

    ResponderExcluir
  2. Por enquanto, estou queimando a língua com o Rubin Kazan e o Unirea... Vamos zebras, vocês conseguem!!!

    Gabriel Lopes

    ResponderExcluir